Os novos profissionais do Programa Estadual de Residência Multiprofissional em Saúde da Família (Permusf) iniciaram na segunda-feira, 13, em Ilhéus, os primeiros contatos com a comunidade que procura as Unidades de Saúde da Família (USF) dos bairros Ilhéus II e Banco da Vitória para agendar atendimento. O programa tem a proposta de promover não só o contato com o mundo do trabalho e da formação, mas possibilitar o processo de educação permanente em saúde, dentro das diretrizes do Sistema Único de Saúde (Sus).

A coordenadora da gerência Técnica e de Planejamento da secretaria municipal de Saúde (Sesau), Sonilda Mello, lembrou que nesta primeira etapa, os novos profissionais começaram a fazer o reconhecimento das demandas nas áreas de educação física, fisioterapia, enfermagem, nutrição, psicologia e serviço social de atuação de cada um. A equipe irá desenvolver atividades no período de 24 meses, com dedicação exclusiva, e carga horária semanal de 60 horas.

Implantado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), em parceria com o Ministério da Saúde, o programa tem o objetivo de formar profissionais de saúde por meio da educação em serviço, buscar a qualificação para o desempenho de atividades no Sus e desenvolver competências técnica, política e ética da estratégia de saúde da família. O Permusf está pautado em políticas públicas de saúde que priorizam a integralidade do cuidado com base territorial, com vistas ao fortalecimento da rede de atenção primária.